A Associação Mundial de Jornais (WAN, na sigla em inglês) publicou a lista com o nome de dez jornalistas que foram assassinados pelo mundo a fora já neste ano de 2007. Todas as mortes foram registradas no mês de janeiro. As estatísticas da WAN são as mais estarrecedoras possíveis. No ano passado o número de jornalistas assassinados em todo o mundo chegou a 110. Os casos referentes ao mês de janeiro estão listados pela ordem do país :

China (1)
1o de Janeiro:
Lan Chengzhang, jornalista, Zhongguo Maoyi Bao (notícias de comércio de China)

Eritrea (1)
11 de Janeiro (Mortos presumidos):
Fessehaye “Joshua” Yohannes, journalist, Setit

Haiti (1)
19 de Janeiro:
Jean-Rémy Badio, fotógrafo freelance

Iraq (5)
28 de Janeiro:
Al-Tumaimi de Munjid, fotógrafo freelance

15 de Janeiro:
Al Diyali de Falah Khalaf, journalist, Al Saha

14 de Janeiro:
Dae (dispositivo automático de entrada) Assef de Yassin, correspondente, Al Saha

12 de Janeiro:
Al-Obaidi de Khoudr Younes, journalist freelance

15 de janeiro:
Ahmed Hadi Naji, operador de câmara, associou a notícia da televisão da imprensa

México (1)
17 de Janeiro:
Guevara Guevara Domínguez, editor e contribuinte, edição digital de Siglo XXI

Turquia (1)
19 de Janeiro:
Hrant Dink, editor controlando, Agos

Anúncios